4,5 milhões de italianos assistem televisão por assinatura ilegalmente – TV Pirata

4,5 milhões de italianos assistem televisão por assinatura ilegalmente – TV Pirata
4.9 (98.82%) 17 votos

Estima-se que 4,5 milhões de italianos com mais de 15 anos assistem ilegalmente a eventos esportivos ao vivo, num total de cerca de 21 milhões de atos de pirataria realizados em 2017. Os dados do Fapav-Ipsos revelam que o futebol continua mais pirateado, com três de quatro piratas assistindo a jogos de futebol , seguido pela Fórmula 1, MotoGP e tênis.

Os serviços ilegais de IPTV são usados ​​por um terço (35%) dos piratas que assistem a filmes, séries e programas de TV, e por 23% do total de piratas esportivos ao vivo (cerca de 1 milhão de usuários). Em média, os usuários pagam de 10 a 15 euros por mês por uma assinatura de um serviço de IPTV ilegal ou piratas.

Do ponto de vista econômico, a imagem é ainda mais alarmante, segundo os pesquisadores. Em 2017, as perdas para as empresas do setor como resultado da pirataria foram estimadas em mais de € 1 bilhão, o que significa uma perda de cerca de € 370 milhões no PIB e 6.000 empregos.

Segundo Gennaro Vecchione, general da divisão da Guardia di Finanza (polícia financeira), o fenômeno teve “um impacto devastador para o setor”. A Procuradora Nacional de Anti-Máfia e Anti-Terrorismo, Maria Vittoria De Simone, enfatizou que é necessário implementar as mesmas diretrizes que na luta contra a Máfia, começando com a regra “seguir o dinheiro”.